Pesquisar neste blogue

sábado, 14 de maio de 2011

Portugal Mais Pobre

Por Carolina Santos   

      A última mercearia da Baixa lisboeta, a Nova Açoreana, encerra este fim-de-semana. É mais uma parte do nosso património cultural que acabamos de perder.
      Mas este é apenas um exemplo. Os lugares e estabelecimentos mais antigos vão desaparecendo à medida que vão surgindo os centros comerciais e os hipermercados. E o que é feito das mercearias na esquina de uma rua, aquelas que vendiam os produtos tradicionais de marcas antigas que já não existem nas grandes superfícies?
      À medida que os nossos mais diversos símbolos culturais vão desaparecendo, Portugal vai ficando cada vez mais pobre. E o que é feito da nossa Baixa repleta de elementos tradicionais que tão bem a caracterizavam?
      É importante pensarmos nisto. Nós estamos lentamente a perder a nossa identidade. Não é que a evolução e modernidade não sejam importantes. Claro que são. Mas mantermos o nosso património é ainda mais, até em termos turísticos.

Sem comentários:

Enviar um comentário