Pesquisar neste blogue

domingo, 27 de março de 2011

Igreja do Sacramento

Por Bruna Santos

A Paróquia do Santíssimo Sacramento, inaugurada em 1584, é considerada "um grito da fé do Povo de Lisboa".
Quem visita a igreja, reconstruída após o terramoto de 1755, pode constatar que é a única em Lisboa virada para poente, sendo que o seu pórtico, voltado para oriente, pretende transmitir a importância da luz ("o sol que ilumina e é a fonte de vida, do cristão e da Igreja").
Após o terramoto, a igreja, sem obras de conservação durante muito tempo, ficou num estado de pré-ruína. Actualmente, a Paróquia dos Mártires, da qual pertence, apela à generosidade do povo de Lisboa (e não só) para que se possa ser feito o seu restauro e as obras necessárias. 

Para quem visita...

Todos os elementos decorativos convergem para a misteriosa presença de Cristo na Eucaristia.
No sacrário, é possível vislumbrar uma enorme tela da Ceia do Senhor, bem como diversas figuras de anjos em adoração ao Cordeiro Pascal. Nas paredes laterais, oito telas representando os quatro Evangelistas os quatro Doutores Maiores da Igreja. No tecto, a Pomba do Espírito Santo, rodeada por símbolos da Eucaristia.
Pode, ainda, observar-se imagens barrocas provenientes dos Conventos vizinhos, tais como a de São Miguel, a de Nossa Senhora de Fátima e do Sagrado Coração de Jesus, diante da qual foi feita a consagração da Freguesia do Sacramento. De enfatizar, também, as 8 lanternas em prata e o órgão ibérico no coro-alto.
A visita poderá ser concluída com a apreciação dos tectos das sacristias, dos célebres azulejos que decoram as salas das tribunas e da talha do monumental trono.


Contactos

 Calçada do Sacramento,
11 1200-393 Lisboa
Telefone: 213 425 369
E-mail: igrejadosacramento@net.vodafone.pt

Informações úteis

Abertura e Fecho:

  • Segunda a sexta-Feira: das 12h às 17h
  • Sábado: das 15h às 18h
  • Domingo: das 15h às 19h

Horários das Missas:

  • Segunda a Sexta Feira: 16h15
  • Sábado (dominical): 17h
  • Domingo: 16h15 e 18h (em latim)

Sem comentários:

Enviar um comentário